Embolando Palavras

O homem limpo do DEM

Marco MacielA Carta Capital traz uma matéria interessante com o perfil do senador Marco Maciel (DEM-PE), ex-vice presidente da República, conhecido, segundo a revista, pela “reputação bem cultivada de conservador honesto”.

Leia abaixo trecho da matéria de Cynara Menezes:

 

O impermeável limpo

 

O rapaz engravatado, já nem tão rapaz assim, que abastece os senhores senadores a cada cinco minutos com providenciais copos orvalhados para refrescar as gargantas de suas excelências depois de tanto discursório na tribuna, é proibido de falar com repórteres. Mas, no fundo do plenário, ele cochicha:

– Uma das cenas mais impressionantes que já vi aqui foi uma vez que o finado senador Antonio Carlos Magalhães bateu a mão num copo e a água voou. O Marco Maciel, que estava do lado, deu três pulinhos para trás e não caiu nem uma gotinha no paletó dele.

É realmente de cair o queixo a habilidade de malabarista do senador do DEM em se manter limpo. Em plena crise no Senado, o magérrimo Maciel não viu resvalar sobre si nada que pudesse manchar a reputação bem cultivada de conservador honesto. Enquanto seus pares à destra e à sinistra eram enredados nos escândalos com uma viagenzinha ao exterior aqui, um neto empregado acolá, Maciel saltitava com seus passos lépidos pelos corredores da Casa. Imaculado.

Para fazer justiça ao pernambucano, é preciso dizer que sempre foi assim, desde que o ex-PFL ainda se chamava Arena. Poucos políticos podem se gabar de terem passado pela história contemporânea do Brasil, sempre de mãos dadas com o poder, menos agora, e permanecer com elas aparentemente como entrou, vazias. O maranhense José Sarney, de trajetória semelhante, que o diga. “Ninguém encontrará uma só fazenda no nome de Maciel. Nem uma só empresa onde apareça como sócio”, desafia um conterrâneo seu.

Com 50 anos de vida pública, iniciada no movimento estudantil, o único patrimônio visível do atual senador, ex-governador biônico, deputado federal e vice-presidente da República é um apartamento num edifício antigo em frente ao mar de Boa Viagem, no Recife. Espécie de monge do Parlamento, o catolicíssimo senador (há quem diga que simpatizante do Opus Dei) costuma falar que aprendeu com o pai, José do Rego Maciel, duas vezes deputado federal e prefeito do Recife, a exercer a política como “ação missionária”.

Leia a íntegra da matéria aqui.
Anúncios

Navegação de Post Único

3 opiniões sobre “O homem limpo do DEM

  1. Gustavo Lucena em disse:

    Rapaz, nunca simpatizei com o Marco Maciel.

    Ele não faz mais do que a obrigação de ser honesto.

    Pela reportagem, até parece que ser honesto é uma coisa de poucas pessoas.

    No entanto, honestidade não é tudo.

    Sua atuação parlamentar é pífia. E seus projetos sempre foram feitos em favor das minorias e contra os interesses nacionais e populares. É dele p.ex., o projeto para minar os partidos políticos brasileiros com a restauração da fagimerada cláusula de barreira. E foi ele o presidente da Câmara dos Deputados que aceitou passivamente o Pacote de Abril, sendo conivente com o fechamento o Congresso.

    Em seu currículum ainda consta uma votação contra a restauração das Diretas Já.

    Ou seja, como parlamentar, ele tem um perfil anti-democrático.

    A diferença é que ele trabalha silenciosamente.

  2. Esdras em disse:

    Definisse e não define-se

  3. Esdras em disse:

    Acho engraçado o maniqueísmo da imprensa não golpista: surpreendem-se com fato de ser conservador e honesto. Como se a ideologia política (tem isso ainda?) define-se ações inerentes ao caráter.

    Por essa limitação, acabam não acreditando no mensalão, nos cuecões, nos quiprocós comezinhos da “esquerda”. “Não podem ser verdadeiros”, pensam, pois os esquerdistas nasceram honestos. Aí todo resto vira PIG.

    Fácil, extremamente fácil…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s