Embolando Palavras

PV vira armazém de secos e molhados

O PV, partido onde a senadora Marina Silva desembarcou para se candidatar a presidente do Brasil, é uma legenda de aluguel desde sempre. É fácil constatar isso quando olhamos para seu notável quadro de filiados, formado majoritariamente por quem não tem a mínima identificação com o que seria a “causa” do Partido Verde – a defesa do desenvolvimento sustentável.

Não precisamos ir muito longe. Em Natal temos uma prefeita do PV (Micarla de Sousa), que se elegeu prometendo inaugurar um novo paradigma de administração da cidade, centrado na visão de planejamento e desenvolvimento sustentável, mas, uma vez prefeita, implantou uma prática diametralmente oposta ao discurso.

Nacionalmente, o partido é presidido pelo lunático José Luiz Penna, vereador de São Paulo, sem esquecer do deputado Zequinha Sarney, representante do clã que domina o Maranhão há décadas. Além dessas figuras, Paulo Skaf (presidente da Fiesp) e o mago-escritor-imortal Paulo Coelho também integram a lista de membros do PV.

Mas quando pensava que o partido já atingira o ápice do absurdo, leio Bahia Notícias que a cantora de axé Carla Visi é a nova estrela filiada ao PV. A moça, ex-vocalista da banda Cheiro de Amor, assinou a ficha de filiação ontem (17), em Salvador.

O PV comemorou a aquisição, mas emitiu nota dizendo que Carla Visi não será candidata a nada ano que vem.  

Pelo menos por enquanto a Bahia não corre perigo. Mas agora não resta outra alternativa a não ser fazer as perguntas mais óbvias: o que diabos essa moça tem a ver com as bandeiras do PV? O que Carla Visi entende por desenvolvimento sustentável? Como danado a cantora vai contribuir com a reformulação do programa do partido?


Anúncios

Navegação de Post Único

2 opiniões sobre “PV vira armazém de secos e molhados

  1. esdras em disse:

    Olha, Alisson, mais uma que eu não entendi. Talvez falta de assunto, sei lá. Não tenho nenhuma inclinação política por partido algum, pois como disse, prá mim é espaço prá canalhice. Também não sou fã desta cantora, nem lembro dela. Porém, ela filiar-se é problema dela. Se a qualificação de um partido está nos seus expoentes ou integrantes, não daria prá falar bem de nenhum.

    Se o DEM tem Agripino (O DO RABO DE PALHA), o PT tem o Palocci (AQUELE DO CASEIRO), e por aí vai.

    Não é nada, não é nada, realmente não é nada.

    Zero para o post.

  2. Como ex-morador da capital baiana, Alisson, lhe digo que o PV baiano é um PV de verdade. Ou seja, ele não se assemelha ao fisiologismo que impera do lado de cá, que ficou claro no ato de filiação da própria prefeita e de seu grupo – que buscavam uma legenda e declaravam à imprensa que mesmo não conhecendo bem o programa do partido não teriam problema porque o verde é uma coisa que todo mundo defende.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s