Embolando Palavras

Honduras: a ditadura escancarada

O governo golpista de Honduras, liderado pelo ditador Michelleti, mostrou a verdadeira face: mandou fechar emissoras de TV, suspendeu garantias constitucionais e restringiu as liberdades de circulação e expressão, entre outras arbitrariedades.

É esse governo que a imprensa brasileira chama “governo de fato” ou “governo interino”, como se isso legitimasse o golpe militar que depôs o verdadeiro presidente daquele país – golpe que Arnaldo Jabor chamou de “democrático”.

Agora a ditadura ficou escancarada. Honduras vive um regime de exceção. O golpista Roberto Michelleti deu um ultimato de dez dias para o Brasil definir o status do presidente deposto Manuel Zelaya, refugiado na embaixada brasileira em Tegucigalpa desde o último dia 21. O presidente Lula respondeu à altura: “O Brasil não aceita ultimato de golpistas nem reconhece esse governo como interino”.

Enquanto isso, os apoiadores do golpe se esforçam para negar a ditadura que se instalou em Honduras. Os malabarismos de Reinaldo Azevedo são de morrer de rir.

Anúncios

Navegação de Post Único

6 opiniões sobre “Honduras: a ditadura escancarada

  1. esdras em disse:

    Quer dizer que cassar uma emissora que não concorda com você não é cassar liberdade de expressão, hein?

    Imagine se você fosse presidente, hein?

    Por isso eu acho que o sonho dourado dos ditos “esquerdistas” é controlar e não democratizar a informação e a imprensa. Por isso sempre adoraram Cuba e URSS.

    • alissoncal em disse:

      Esdras, parece que você não compreendeu. A RCTV participou da orquestração do golpe contra Hugo Chávez – golpe comemorado pela “democrática” imprensa brasileira. Mas não foi só isso. A emissora desrespeitou reiteradamente as cláusulas do contrato de concessão.

      Chávez poderia, se quisesse, ter mandado fechar a TV antes do vencimento da licença. Mas não o fez. O Estado é quem outorga as concessões de radiodifusão. Cabe ao Estado, portanto, decidir se mantém ou não essas concessões, observando o cumprimento ou não dos referidos contratos. A tentativa de imprimir um viés autoritário a esse caso é desculpa furada. Há diversas emissoras que fazem oposição a Hugo Chávez na Venezuela em pleno funcionamento. Em princípio, a imprensa não deveria ser a favor nem contra nenhum governo. A missão da imprensa é fiscalizar o poder. Ponto.

      A democratização da informação é essencial para construção da verdadeira democracia. Mas isso só será possível quando o Brasil tiver coragem de enfrentar o monopólio controlado pelas máfias familiares e políticas que dominam quase 90% dos veículos de comunicação desse país. Comunicação com controle popular e social é a revolução que o Brasil necessita urgente!!!

      • esdras em disse:

        Não, Alisson, eu entendi muito bem. Só que fica muito dificil diferenciar a sua legalidade para a legalidade defendida pelo Reinaldo Azevedo. Ambas, se bem examinadas, dão espaço para os dois lados: o dos golpistas e o dos golpeados.

        Ora, se Chavez usou a legalidade, o Micheletti também pode alegar que usou (para mim, os dois se igualam, pois não é uma luta popular e sim de particular pelo poder). E lembremo-nos que o voto pode ser usado como ferramenta para qualquer lado. Inclusive o lado da ILEGALIDADE travestida.

        Eu apenas acho que é muito fácil escrever à distância. Tanto o Reinaldo quanto você comentam em cima de fontes partidarizadas e terciárias. Aí é dose querer ter alguma credibilidade. Para mim, escrever sobre o que se sabe apenas á distância, para defender um ponto de vista dos outros, não é produtivo. Só isso.

  2. esdras em disse:

    Bom, Allisson, essa a diferença entre que aceita a democracia e quem apenas acha que ela deva servir aos seus próprios interesses ou “ideologias”.

    Quer dizer que a emissora era golpista, e que democraticamente ele não renovou (que é uma cassação branca) o direito dela ser contra o Chavez?

    Ah, tá. Interessante. Quer dizer que se ela fizesse o jogo do Chavez, ela poderia continuar, né?

    Realmente, eu entendi agora. “Esquerda” é quando você pode puramente fazer tudo que você antes condenava, e agora legitima, para continuar no poder.

    Ô Alisson, lógica estranha, hein?

  3. esdras em disse:

    Seja por isso não: Hugo Chavez é apoiado pelo presidente Lula e arranja argumentos que toda a “esquerda” brasileira aceita e propaga para fechar jornais e cassar concessões.

    Não sei quem é mais anti-democrático…

    Ou melhor, sei: se for apoiado por Lula, é do bem. Se não, é do mal.

    Só se engana quem quer.

    • alissoncal em disse:

      Caro Esdras, Hugo Chávez não “arranjou argumentos” para “fechar jornais e cassar concessões”. Cite um único jornal fechado ou uma só concessão CASSADA na Venezuela.

      O presidente da Venezuela, a quem cabe decidir sobre a outorga ou não de concessões de radiodifusão, não renovou a concessão de uma emissora reconhecidamente golpista, com participação ativa no plano de deposição do governo legitimamente eleito pelo povo. Goste-se ou não, essa é uma prerrogativa constitucional do presidente. Chávez agiu na mais perfeita LEGALIDADE.

      Não houve na Venezuela, como ocorre agora em Honduras, decretação de estado de sítio, suspensão de direitos constitucionais nem restrição à liberdade de expressão. Concorde-se ou não com os métodos chavistas, é fato que o presidente submeteu ao povo, através de vários plebiscitos, a decisão final sobre assuntos polêmicos, como a possibilidade de reeleição ilimitada – o que desaprovo veementemente.

      A essência da democracia é o sufrágio universal. Nada mais democrático que dar ao povo o direito de decidir o que quer para si e para seu país. Comparar a situação de Honduras com a Venezuela é forçar demais a barra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s