Embolando Palavras

O golpe em Honduras e a desonestidade do PIG

O blog reproduz o comentário do leitor Gustavo Lucena, que se diz impressionado com a desonestidade que a imprensa brasileira dedica à cobertura do golpe em Honduras:

 

Alysson Almeida, impressiona é a desonestidade da imprensa brasileira, em especial daquela filiada a Grande Quadrilha (Civita, Marinho, Frias e Mesquita). Os caras são tão desonestos que dizem que o golpe foi legítimo porque foi embasado na Constituição local e que o judiciário local deu respaldo ao golpe. No entanto, a gente acessa a constituição hondurenha e os portais dos judiciários e não encontra nada a respeito. Pergunto a esses palhaços: Qual é o número dos autos que promoveu o processo de destituição do Zelaya? Zelaya foi citado para se defender? O mais engraçado é que aqui no RN também tem uns patetas que fazem cara de conteúdo e querem fazer defesa abalizada ao golpismo. Basta abrir as páginas do Jornal de Hoje e escutar as bravatas na 95FM e na 103,9 FM, além de é claro, ligar na TV Tropical. É por conta desses palhaços que o STF decidiu que não é mais necessário ter diploma para ser jornalista. As faculdades – ministradas por essa mesma corja do PIG – não estavam ensinando os acadêmicos os princípios mais basilares do bom jornalismo: ética, democracia, contraditório e imparcialidade. As faculdades estavam servindo como meros cooptadores de pobres coitados e coitadas dispostos a doarem não só as mentes, mas também o próprio órgão sexual para ganharem um punhado de reais. Alysson Almeida, impressiona é a desonestidade da imprensa brasileira, em especial daquela filiada a Grande Quadrilha (Civita, Marinho, Frias e Mesquita). Os caras são tão desonestos que dizem que o golpe foi legítimo porque foi embasado na Constituição local e que o judiciário local deu respaldo ao golpe. No entanto, a gente acessa a constituição hondurenha e os portais dos judiciários e não encontra nada a respeito. Pergunto a esses palhaços: Qual é o número dos autos que promoveu o processo de destituição do Zelaya? Zelaya foi citado para se defender? O mais engraçado é que aqui no RN também tem uns patetas que fazem cara de conteúdo e querem fazer defesa abalizada ao golpismo. Basta abrir as páginas do Jornal de Hoje e escutar as bravatas na 95FM e na 103,9 FM, além de é claro, ligar na TV Tropical. É por conta desses palhaços que o STF decidiu que não é mais necessário ter diploma para ser jornalista. As faculdades – ministradas por essa mesma corja do PIG – não estavam ensinando os acadêmicos os princípios mais basilares do bom jornalismo: ética, democracia, contraditório e imparcialidade. As faculdades estavam servindo como meros cooptadores de pobres coitados e coitadas dispostos a doarem não só as mentes, mas também o próprio órgão sexual para ganharem um punhado de reais.

Anúncios

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s