Embolando Palavras

A escandalização do nada

O partido da imprensa segue o roteiro pré-determinado de ataques de laboratório contra a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil).

A ‘Veja’ escreveu o novo capítulo da farsa do caso Lina Vieira, divulgando o factóide da agenda encontrada. A Folha repercutiu o caso ontem (18). 

Hoje (19), a Folha Online deu mais espaço ao quiprocó, destacando a opinião de senadores e deputados oposicionistas sobre a revelação da “prova” do encontro que Lina afirmou ter tido com Dilma no ano passado.

É uma forçassão de barra tão grande que a gente chega a se espantar com o amadorismo dessa turma. Leiam o trecho abaixo da matéria da Folha:

“Dilma terá de vir a público e se explicar”, disse o líder do DEM no Senado, José Agripino (RN). “Está claro que a conversa sempre existiu”, declarou Pedro Simon (PMDB-RS). Outro senador, Osmar Dias (PDT), pré-candidato ao governo do Paraná, disse crer na palavra da ministra, que sempre negou a reunião com a ex-secretária. 

José Aníbal (SP), líder do PSDB na Câmara, pediu que Lina Vieira “colabore e venha a público” pessoalmente.

Na agenda que Lina diz ter encontrado, há menção a uma audiência com Dilma na página de 9 de outubro de 2008. Nessa data, há de fato registro no Planalto da entrada de Lina.”

Dilma vir a público se explicar? Agripino inverteu o princípio básico da prerrogativa da inocência. O ônus da prova cabe a quem acusa. Assim, quem tem que vir a público se explicar é Lina, em vez de disparar factóides na imprensa através do misterioso amigo, que ninguém sabe se existe mesmo.

Pedro Simon deveria ganhar um prêmio pela capacidade de produzir truísmos. A sentença do velho caudilho é um petardo capaz de acabar com os planos políticos da ministra: “Está claro que a conversa sempre existiu”.

Mas o próprio governo, há dois meses, não havia divulgado o registro da audiência da ex-secretária com a ministra nesta data — 9 de outubro de 2008?! Tanto que a Folha confirma: “Nessa data, há de fato registro no Planalto da entrada de Lina.”

O que a Folha não deixa claro aos seus leitores é algo que o blog já observou nos outros posts: 1) A audiência não foi “sigilosa” — o que é comprovado pelo registro do Palácio do Planalto; 2) A pauta da audiência não foi as investigações sobre a família Sarney, mas sim o Fórum CEOS, conforme revelado pelo senador Aloizio Mercadante e confirmado pela própria Lina Vieira, em depoimento à Comissão de Constituição e Justiça do Senado, no dia 18 de agosto do ano passado.

Apesar dos fatos comprovarem a farsa, a imprensa a serviço dos tucanos insiste na escandalização do nada.

Anúncios

Navegação de Post Único

3 opiniões sobre “A escandalização do nada

  1. CAro Alysson, mais um a vez a imprensa pap-jerimum mostra o seu lado parcial.

    A Ana Rute, do blog “Panorama Político”, hospedado no TN, repercutiu o factóide da Lina Vieira desenterrado pela VEJA.

    Escrevi uma mensagem para ela com o link do vídeo no qual a própria Lina desmentia a sua própria agenda.

    E ela publicou o vídeo? Não, não e não!

    Não bastasse a não publicação do vídeo, ela ainda barrou o meu comentário.

    Mandei a mesma notícia para o portal NoMinuto.com. Também não recebei resposta alguma. Faça-se justiça que nesse portal, o blog “Brasília, Urgente!” do corajoso Luís Fausto, destrinchou a farsa.

    Essa imprensa é uma piada mesmo.

    • alissoncal em disse:

      Gustavo, para muitos, democracia só vale quando não contrariam a sua opinião. O estranho é que a TN é de Henrique, aliado do governo. Mesmo assim, a blogueira não dá espaço pra quem critica a farsa de Lina Vieira contra a ministra Dilma Rousseff. Paciência.

      Faça-se justiça também com o “Embolando”, Gustavo. Este blog foi o primeiro a comentar a matéria da “Veja” e a questionar a veracidade das informações… rs

  2. esdras em disse:

    E tome conspiração…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s