Embolando Palavras

O desgaste de Micarla

Mais uma notícia recuperada. Li no blog de Laurita Arruda o resultado da pesquisa Perfil sobre a avaliação do primeiro ano de gestão da prefeita Micarla de Sousa (PV). Pelos números, 46,75% da população desaprovam a atuação da pevista, enquanto 30,37% concordam com a forma como a gestora administra a cidade. A turma dos “indiferentes” soma 19,38%.

Ontem, recebi a ligação de um secretário da atual gestão. A pretexto de desejar-me “feliz ano novo”, o secretário revelou sua preocupação com os rumos do governo municipal. “Nós passamos o ano na defensiva, respondendo os ataques da oposição. Desde aquela viagem desastrada para Portugal, é só desgaste”, desabafou.

Esse desgaste é resultado de várias ações desastradas da gestão que aí está. Além do “Voo Colombo” (a caravana de 40 pessoas que a prefeita levou para Portugal com dinheiro público), teve o escândalo da Funcarte (o misterioso pagamento dos salários atrasados de 85 servidores da instituição na conta corrente de um motorista), a controversa decoração natalina, o exorbitante cachê do padre Fábio de Melo (R$ 221 mil por um show) e o aumento astronômico do IPTU dos moradores da Zona Norte.

Mas esses espisódios são apenas sinais de fumaça. A verdadeira explicação para a insatisfação da maioria dos natalenses é a frustração do povo diante das expectativas depositadas na prefeita. Micarla venceu a eleição de 2008 com o discurso do “crescimento sustentável” e com a promessa de resolver rapidamente os maiores problemas da população: saúde, segurança e educação. A solução – repetia a então candidata – é o planejamento.

O que vimos até aqui, porém, contradiz o discurso da campanha. Nas três áreas escolhidas como prioridade a prefeita ainda não disse a que veio. Não há sinais de planejamento. Tudo cheira a improviso. As pessoas reclamam da falta de médicos nos postos de saúde, da elevação da tarifa de ônibus, do trânsito cada vez mais caótico, das ruas esburacadas, da violência… A lista é quase inesgotável.

Micarla passava a impressão que, assim como o rei Midas, tinha o poder de transformar tudo o que tocava em outro. O povo acreditou e a consagrou prefeita. Mas parece que o encantamento (e a paciência das pessoas) está quase no fim.

Anúncios

Navegação de Post Único

2 opiniões sobre “O desgaste de Micarla

  1. Marcos em disse:

    com toda esta argumentação
    ainda prefiro a borboleta que a estrela cadente do PT
    ja imaginou Fatima e seus “acolitos” tomando conta da cidade?
    nao devemos esquecer que este ano é um ano diferente
    orçamento escasso, primeiro ano de governo, falta de experiencia e coisas do genero
    bom, vamos ver este ano (2010)
    mesmo assim, sem qualquer interesse, continuo “borboletando”
    bjs
    bom fds

  2. Thiago de Medeiros em disse:

    Foi uma administração repleta de escândalos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s