Embolando Palavras

Micarla está sem rumo

O Embolando reproduz a seguir texto do jornalista Diógenes Dantas sobre as “incertezas da administração Micarla de Sousa”:

Micarla, o “Aldo de saias”

Entre os comentários que foram encaminhados ao blogue ontem (14) sobre as incertezas da administração de Micarla de Sousa em Natal, um me chamou a atenção porque me fez viajar no tempo.

O internauta Eduardo Marques dizia:

Diógenes, você já ouviu falar daquela famosa frase: MAIS PERDIDA DO QUE CEGO EM TIROTEIO. Pois é, nossa prefeita (Aldo de saias) não disse ainda para que veio. Ela tá igual a time de futebol do RN, contrata um caminhão de jogadores para testar, e depois pergunta se ele sabe jogar. ‘Tamos lascados’.

Independente da má vontade, da paixão por político A ou B, da torcida contra ou a favor, as palavras do internauta devem ser avaliadas pela prefeita Micarla de Sousa e seu grupo de auxiliares.

Primeiro, Micarla passa a imagem de gestora sem rumo, sem um projeto definido de gestão, além das boas intenções que costuma desfiar nos discursos oficiais. Por isso o “Mais perdida do que cego em tiroteio”.

Segundo, porque o internauta compara Micarla ao ex-prefeito Aldo Tinoco (92-96), técnico competente da área de saneamento que foi alçado à Prefeitura de Natal como sucessor de Wilma de Faria. Aldo ficou marcado pela imagem de gestor confuso e, politicamente, fraco.

Terceiro, porque Micarla ainda não encontrou o “secretariado dos seus sonhos”. A comparação do internauta com os times de futebol locais, que contratam uma centena de jogadores numa temporada, toca na ferida. Micarla passa a impressão de que não possui quadros ou não sabe coordenar sua equipe de auxiliares na administração da capital. Por isso, segue testanto, segue testanto, testando…

Micarla deve ficar alerta: boa parte da população já colou nela a imagem de gestora indecisa, fraca e desnorteada.A prefeita segue administrando Natal “feito cego em tiroteio”. Ou feito cachorro quando cai do caminhão de mudança.

Comentário

Micarla se elegeu prefeita de Natal com a promessa de implantar na cidade a sua “Gestão por Políticas de Sustentabilidade (GPS)” – nome pomposo do seu fictício plano de governo.

Pelo que fez até agora (ou seria melhor dizer pelo que não fez?), Micarla poderia ser responsabilizada pelo crime de estelionato eleitoral contra a população de Natal.

Anúncios

Navegação de Post Único

4 opiniões sobre “Micarla está sem rumo

  1. Micarla, o “Aldo de saias” e muito mais. Pobre Natal! Não merecemos coisa melhor?

  2. Carlos em disse:

    Está bombando

    #Impeachment_Micarla

    #Impeachment_Micarla

    #Impeachment_Micarla

  3. Zózimo Carlisle em disse:

    Ficaria muito satisfeito em saber o que levou um ser humano a dar um voto à Micarla… ora, não votar em Fátima (ou em qualquer outro candidato) é compreensível, mas nunca consegui entender o porquê de alguém votar na maldita lepidóptera.

    Mas que ela tem palavra ninguém pode negar. Durante a campanha a nossa ilustre borboletinha gritou aos quatro ventos que iria causar um choque de gestão. De fato, estamos todos chocados!

    Sobre a “Gestão por Políticas de Sustentabilidade” eu me perguntava: “O que será que ela quer dizer com isso?”. Agora, vendo a entropia na qual se encontra o executivo municipal, eu me pergunto: “Será que ELA sabia o que estava querendo dizer com isso?”.

  4. Larissa em disse:

    Concordo plenamente com as observações de vocês. Essa é a sensação que eu, cidadã comum e anônima, capto em qualquer convesa, seja em famíla, entre amigos ou colegas de trabalho. Alguém pode dar um bússola para Micarla??

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s