Embolando Palavras

Pesquisa: 77,9% reprovam administração de Micarla

O site Carta Potiguar divulgou os números da pesquisa do Instituto Seta sobre a avaliação da administração da prefeita Micarla de Sousa. De acordo com os dados, 77,9% dos natalenses desaprovam a gestão da pevista, enquanto 22,1% dos entrevistados disseram que aprovam sua gestão.

A pesquisa foi realizada nos dias 26 e 27 de fevereiro e ouvi 800 pessoas nas quatro regiões da cidade. A margem de erro é de 2,5% e o intervalo de confiança é de 95%.

O levantamento mediu ainda a intenção de voto dos natalenses para a sucessão de 2012. O ex-prefeito Carlos Eduardo (PDT) lidera a preferência dos eleitores, com 28,3%. Ele é seguido pela ex-governadora Wilma de Faria (PSB) com 16,6% e pela deputada federal Fátima Bezerra (PT) com 13,3%.

No segundo pelotão, longe dos líderes, vem o deputado federal Felipe Maia (DEM), em quarto lugar, com 5,4%. A prefeita Micarla de Sousa surge apenas em quinto lugar, com 4,2%, seguida de perto pelo deputado estadual Fernando Mineiro (PT), com 3,1%.

O deputado federal Rogério Marinho (PSDB) é o sétimo na preferência do eleitorado, com 2,6%. Completam a lista o vereador Adão Eridan (PR), o deputado federal Fábio Faria (PMN), o deputado estadual Walter Alves (PMDB) e a deputada estadual Gesane Marinho (PMN), respectivamente com 2,5%, 2,3%, 1,7% e 1,3% das intenções de voto. 13,1% não sabem ou não responderam. Brancos e nulos somaram 5,6%.

Os números deixam claro que a situação da prefeita é extremamente complicada. Com a popularidade em queda livre, Micarla aposta suas esperanças na vinda da Copa do Mundo para Natal e na parceria com o governo federal para realizar obras e reverter os índices de desaprovação. Ela tem se enforçado para demonstrar que está afinada com a presidenta Dilma Rousseff, esperando que as declaradas promessas de ajuda se materializem.

É improvável que a rejeição à prefeita continue nesses patamares até o próximo ano. Micarla deverá, sim, reverter parte dessa desaprovação. Mas se será o suficiente para conseguir se reeleger, não é possível ainda dizer que sim — nem que não.

Apesar do eventual apoio do governo federal, os recursos do PAC e a vinda da Copa do Mundo, falta à prefeita muito mais que verbas para fazer obras: Micarla não está preparada para administrar uma cidade com a complexidade de Natal. Falta planejamento, programa de governo e capacidade administrativa.

Creio que mesmo se o governo federal criasse um PAC só para Natal, ainda assim Micarla de Sousa não conseguiria mudar o rumo da sua fracassada administração. Em 2012, ao que tudo indica, a prefeita-borboleta e seus bobos da corte deverão procurar outros campos para flanar.

Anúncios

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s