Embolando Palavras

Ainda sobre Micarla e a terceirização do combate à dengue

A Prefeita Micarla de Sousa (PV), vocês sabem, terceirizou, pela bagatela de R$ 8 milhões, o combate à dengue em Natal. Conforme publicação no Diário Oficial do Municipío (DOM) do último dia 14, a empresa pernambucana ITCI (Instituto de Tecnologia, Capacitação e Integração Social) foi contratada, pelo período de três meses, para realizar ações de combate à endemia na capital potiguar.

Um direto do Sindicato dos Agentes de Saúde (SINDAS-RN) denunciou que a Prefeitura de Natal ignorou os alertas sobre uma previsível epidemia de dengue em 2011 e engavetou o processo para contratação de 150 agentes de endemias via concurso público para favorecer a terceirização. A contratação dos 150 agentes custaria, pelo período de três anos, R$ 4 milhões aos cofres públicos.

Quase duas semanas depois da contratação do ITCI, como informou a Tribuna do Norte, nenhum dos 150 agentes de saúde terceirizados estão em campo. O secretário municipal de Comunicação, Jean Valério, disse à reportagem do jornal que o combate à dengue começaria nesta segunda-feira (25), mas o diretor administrativo do ITCI, Ramon Mello, disse que os agentes sairão à ruas somente na próxima quinta-feira (28).

Enquanto isso, o contrato entre o município e o ITCI virou alvo de investigação do Ministério Público Estadual. Ainda segundo a Tribuna do Norte, o promotor de Justiça da Defesa do Patrimônio Público, Emanuel Dhayan Bezerra de Almeida, instaurou inquérito civil na quinta-feira passada para apurar as denúncias de ilegalidades no processo de contratação da organização social pernambucana por R$ 8.116.675,72.

Apesar da investigação do Ministério Público e do atraso no início das ações, numa demonstração de generosidade extrema da prefeita Micarla de Sousa, o município antecipou o pagamento de 35% do valor do contrato (correspondente a R$ 2,84 milhões) ao ITCI.

Como se não bastasse, mesmo com o circo pegando fogo em Natal, o secretário municipal de Saúde, Thiago Trindade, viajou para passar a semana santa na Europa.

A sensação que tenho é que estamos num barco à deriva. Quando a gente pensa que as coisas não podem ficar piores que estão, Micarla e sua turma conseguem nos surpreender. Onde será que essa nau vai parar?

Anúncios

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s