Embolando Palavras

Arquivo para a tag “Gesane Marinho”

Pesquisa: 77,9% reprovam administração de Micarla

O site Carta Potiguar divulgou os números da pesquisa do Instituto Seta sobre a avaliação da administração da prefeita Micarla de Sousa. De acordo com os dados, 77,9% dos natalenses desaprovam a gestão da pevista, enquanto 22,1% dos entrevistados disseram que aprovam sua gestão.

A pesquisa foi realizada nos dias 26 e 27 de fevereiro e ouvi 800 pessoas nas quatro regiões da cidade. A margem de erro é de 2,5% e o intervalo de confiança é de 95%.

O levantamento mediu ainda a intenção de voto dos natalenses para a sucessão de 2012. O ex-prefeito Carlos Eduardo (PDT) lidera a preferência dos eleitores, com 28,3%. Ele é seguido pela ex-governadora Wilma de Faria (PSB) com 16,6% e pela deputada federal Fátima Bezerra (PT) com 13,3%.

No segundo pelotão, longe dos líderes, vem o deputado federal Felipe Maia (DEM), em quarto lugar, com 5,4%. A prefeita Micarla de Sousa surge apenas em quinto lugar, com 4,2%, seguida de perto pelo deputado estadual Fernando Mineiro (PT), com 3,1%.

O deputado federal Rogério Marinho (PSDB) é o sétimo na preferência do eleitorado, com 2,6%. Completam a lista o vereador Adão Eridan (PR), o deputado federal Fábio Faria (PMN), o deputado estadual Walter Alves (PMDB) e a deputada estadual Gesane Marinho (PMN), respectivamente com 2,5%, 2,3%, 1,7% e 1,3% das intenções de voto. 13,1% não sabem ou não responderam. Brancos e nulos somaram 5,6%.

Os números deixam claro que a situação da prefeita é extremamente complicada. Com a popularidade em queda livre, Micarla aposta suas esperanças na vinda da Copa do Mundo para Natal e na parceria com o governo federal para realizar obras e reverter os índices de desaprovação. Ela tem se enforçado para demonstrar que está afinada com a presidenta Dilma Rousseff, esperando que as declaradas promessas de ajuda se materializem.

É improvável que a rejeição à prefeita continue nesses patamares até o próximo ano. Micarla deverá, sim, reverter parte dessa desaprovação. Mas se será o suficiente para conseguir se reeleger, não é possível ainda dizer que sim — nem que não.

Apesar do eventual apoio do governo federal, os recursos do PAC e a vinda da Copa do Mundo, falta à prefeita muito mais que verbas para fazer obras: Micarla não está preparada para administrar uma cidade com a complexidade de Natal. Falta planejamento, programa de governo e capacidade administrativa.

Creio que mesmo se o governo federal criasse um PAC só para Natal, ainda assim Micarla de Sousa não conseguiria mudar o rumo da sua fracassada administração. Em 2012, ao que tudo indica, a prefeita-borboleta e seus bobos da corte deverão procurar outros campos para flanar.

Anúncios

Desgraça pouca é bobagem

O jornalista e publicitário Sávio Hackradt, em seu Calogotango, fez o alerta: os caciques potiguares começaram a armar a estratégia para conquistar a Prefeitura de Natal em 2012. Depois de patrocinarem a desastrosa eleição de Micarla de Sousa (PV), o senador José Agripino (DEM) e o vice-governador eleito Robinson Faria (PMN) abandonaram a canoa furada da lepidoptera e deram a largada rumo ao Palácio Felipe Camarão, sede do Executivo Municipal.

Agripino deseja fazer do filho, o deputado federal Felipe Maia (DEM), o sucessor de Micarla de Sousa. Enquanto isso, Robinson ameaça lançar a candidatura do filho e dublê de deputado federal, Fábio Faria (PMN), para se contrapor ao herdeiro do clã Maia.

Ao mesmo tempo, Robinson flerta com a candidatura da deputada estadual Gesane Marinho (PMN). Na verdade, como observa Sávio, a candidatura da “deputada da alimentação” não passa de blefe. Robinson pretende usar Fábio ou Gesane como cartas para negociar um possível apoio ao filho de Agripino.

É isso aí, amigo. Depois do presente de grego que prepararam pra gente com a eleição de Micarla, o senador e o novo vice-governador agora querem aprontar mais essa. Felipe, Fábio e Gesane… É por isso que eu digo que desgraça pouca é bobagem.

A metamorfose de Gesane Marinho

Em “A Metamorfose”, Franz Kafka narra a história do caixeiro-viajante Gregor Samsa, que um dia desperta de um sonho agitado e descobre que se transformou em um inseto. Parece que a deputada estadual Gesane Marinho (PMN) andou se inspirando no conto do escritor alemão.

Num vídeo da propaganda eleitoral na TV, Gesane diz que seu mandato é conhecido pelo “programa de segurança alimentar” que desenvolve. Na eleição anterior, Gesane usava o slogan de “deputada da alimentação”.

Agora, a deputada rebatizou a distribuição de cestas de frutas e verduras nas periferias de Natal e da Região Metropolitana num “programa de segurança alimentar”. É ou não é uma grande metamorfose?!

Navegação de Posts